domingo, 9 de outubro de 2011

Oração


Desejo ser de qualquer tempo
Preciso caminhar sozinha.
Dialogar com o vento
Na solitude das minhas manias.
                  Eu prefiro a solidão
Meu reduto ao anoitecer.
Quando recolho as armas da luta do dia para sobreviver.
                Eu conheço a solidão
Sem recusar minha companhia.
Sou parte deste chão
Não me canso de dizer.
               Eu prefiro a solidão
Porque saboreio o êxtase da despedida.
Desconheço a medida que deveria ser.
             Eu prefiro a solidão
Nela rabisco alegrias,
Entre nuvens recrio cenas
Sinto as emoções de outros dias.
             Eu prefiro a solidão
Medito no poço, antes lago profundo.
Onde reflito além do horizonte.
            Eu prefiro a solidão
Conheço-me bem.
Sou bicho do mato
Arredio ao laço
Desconfio de tudo
Confio em nada.
            Eu prefiro a solidão
Quando sufoco a saudade
Num castelo de areia.

8 comentários:

Carol Araujo disse...

Alguns momentos são para nós mesmos, né Rosinha? O cansaço do dia-a-dia chega na linha chamada "limite", mas ainda assim buscamos aquela reserva de força que sustenta.
Preferir a solidão não deveria ser pensado como um ato egoísta. Basta se perguntar o pq da ação e entender as escolhas e momentos de cada um. Embora os indecisos me confundam muitas vezes (não que eu não seja assim tb), a mudança de opiniões me fascina - digamos assim. Quero dizer, é no sentido da evolução nas maneiras de agir e pensar. O "estar sozinha", nos faz pensar em nós mesmos e, na minha opinião, isto revela o que fomos, somos e queremos ser. Sim, o ser, não o ter.
Vc é ainda mais linda quando demonstra nas palavras estes momentos, que mtos sabem que passam em suas vidas, mas poucos sabem expressar de maneira tão condizente! E que essa reflexão que vc propõe, traga à tona maior parte dessa positividade da nossa missão. Que sua inspiração nos presentei sempre!
O último verso me emocionou, pois grande parte (se não toda) da minha saudade está sufocada num castelo de areia... só não se sabe até quando.

Linda, linda, linda. Mta paz sempre.

Meg Artes Finas disse...

É A SOLIDÃO NOS DIZ MUITO...
PRINCIPALMENTE QUANDO OLHAMOS PARA O DIA-A-DIA E VEMOS QUE NÃO DEVEMOS CONFIAR EM QUASE NINGUÉM!!!
BEIJOS

Meg Artes Finas disse...

Oi....sinto que a construção do meu castelo no passar dos anos foi apenas de areia, e agora desmoronou....
beijos...

Carol Araujo disse...

Tomara que vc volte logo!

Md.Abdul Aziz disse...

your blog is very fine. I like it. Thanks
Islamic Books and Articles

Meg Artes Finas disse...

MUDANÇA


Sente-se em outra cadeira, no outro lado da mesa. Mais tarde, mude de mesa.
Quando sair, procure andar pelo outro lado da rua. Depois, mude de caminho, ande por outras ruas, calmamente, observando com atenção os lugares por onde você passa.
Tome outros ônibus.
Mude por uns tempos o estilo das roupas. Dê os seus sapatos velhos. Procure andar descalço alguns dias. Tire uma tarde inteira para passear livremente na praia, ou no parque, e ouvir o canto dos passarinhos.
Veja o mundo de outras perspectivas.
Abra e feche as gavetas e portas com a mão esquerda. Durma no outro lado da cama... Depois, procure dormir em outras camas. Assista a outros programas de tv, compre outros jornais... leia outros livros.
Viva outros romances.
Não faça do hábito um estilo de vida. Ame a novidade. Durma mais tarde. Durma mais cedo.
Aprenda uma palavra nova por dia numa outra língua.
Corrija a postura.
Coma um pouco menos, escolha comidas diferentes, novos temperos, novas cores, novas delícias.
Tente o novo todo dia. O novo lado, o novo método, o novo sabor, o novo jeito, o novo prazer, o novo amor.
A nova vida. Tente. Busque novos amigos. Tente novos amores. Faça novas relações.
Almoce em outros locais, vá a outros restaurantes, tome outro tipo de bebida, compre pão em outra padaria.
Almoce mais cedo, jante mais tarde ou vice-versa.
Escolha outro mercado... outra marca de sabonete, outro creme dental... Tome banho em novos horários.
Use canetas de outras cores. Vá passear em outros lugares.
Ame muito, cada vez mais, de modos diferentes.
Troque de bolsa, de carteira, de malas, troque de carro, compre novos óculos, escreva outras poesias.
Jogue os velhos relógios, quebre delicadamente esses horrorosos despertadores.
Abra conta em outro banco. Vá a outros cinemas, outros cabeleireiros, outros teatros, visite novos museus.
Mude.
Lembre-se de que a Vida é uma só. E pense seriamente em arrumar um outro emprego, uma nova ocupação, um trabalho mais light, mais prazeroso, mais digno, mais humano.
Se você não encontrar razões para ser livre, invente-as. Seja criativo.
E aproveite para fazer uma viagem despretensiosa, longa, se possível sem destino. Experimente coisas novas. Troque novamente. Mude, de novo. Experimente outra vez.
Você certamente conhecerá coisas melhores e coisas piores do que as já conhecidas, mas não é isso o que importa.
O mais importante é a mudança, o movimento, o dinamismo, a energia. Só o que está morto não muda !
Repito por pura alegria de viver: a salvação é pelo risco, sem o qual a vida não
vale a pena!
(Clarice Lispector)

Um abraço, quando for possível me escreva.

Anam disse...

Nice Post.Keep Shairng These Types Of Post
________________________________________________
Hello Blogger User I have a Good News For All of You The First Youtube Video Design Templete For Blogger has Been Lanched Now You
Can SHare Your Personal Family Vodeos With Your Friends And Family Via Blogger.

Demo Of this Design >>>>> Pak U tube beautiful Video Site Is hosted On blogger
This IS the 1st Video Design Template For Blogger
------------
Pakistani Tv Comedy Shows
------------
Hum Sab Umeed Say Hain Latest
------------
Khabar Naak Latest
------------

Família IBMA disse...

flor,vc falou tudo muuuuito bom o seu blog expressa as emoçoes de forma fantastica,obrigada por esse bllog viu rsrs e já estou te seguindo bjos. :)